Pregabalina: O que é, dúvidas (emagrece?) e depoimentos

A pregabalina é um medicamento multiuso. Além de ser usado para tratar a epilepsia, também é comumente prescrito para aliviar os sintomas de ansiedade e dor neuropática.

No Brasil, segundo dados da OMS, estima-se que a ansiedade afete 9,3% da população, ou seja, cerca de 18,6 milhões de pessoas. Em algumas ocasiões em que os ansiolíticos convencionais falham por si só em atingir os níveis terapêuticos esperados, utiliza-se a pregabalina.

Este post é meramente informativo. Em caso de dúvida sobre a administração ou qualquer outro aspecto relacionado a este medicamento, deverá ser consultado e levado ao conhecimento de seu médico assistente.

O que é e para que serve o remédio pregabalina?

A pregabalina é um fármaco anticonvulsivante, antiepiléptico e analgésico. É um análogo do GABA que funciona ligando-se à subunidade auxiliar dos canais de cálcio controlados por voltagem no sistema nervoso central. Atua como um neuromodulador, reduzindo o influxo de cálcio nos terminais nervosos pré-sinápticos, o que, por sua vez, reduz a liberação de neurotransmissores excitatórios, como glutamato, norepinefrina e substância P.pregabalina é corticoide
pregabalina emagrece
pregabalina da sono
para que ser ve remédio pregabalina
pregabalina é antiinflamatório
pregabalina depoimentos
pregabalina engorda
pregabalina

É especialmente indicado para o tratamento das seguintes patologias:

– Epilepsia: tratamento combinado de crises parciais com ou sem generalização secundária.

– Dor neuropática periférica e central

– Distúrbio de ansiedade generalizada


Possíveis efeitos colaterais

Todos os medicamentos são capazes de causar, em algumas pessoas, efeitos adversos ou indesejados. Alguns daqueles conhecidos por estarem associados à administração de pregabalina incluem:

Frequentes: podem afetar mais de 1 em cada 10 pessoas:

– Tontura

– Sonolência

– Dor de cabeça

Frequentes: podem afetar até 1 em cada 10 pessoas:

– Confusão

– Desorientaçao

– Irritabilidade

– Aumento do apetite

– Distúrbios da atenção

– distúrbios de memória

– tremores

– Dificuldade para falar

– parestesia

– dormência

– Sedação

– Insônia

– Fadiga

– Legargus

– visão turva ou dupla

– Vertigem

– Distúrbios do equilíbrio

– boca seca

– Vômito

– Prisão de ventre

– Flatulência

– Diarréia

– Náusea

– Sensação de abdômen inchado

– Dificuldade em obter uma ereção

– Sentindo-se bêbado

– Aumento de peso

– Dor nas articulações

– Dor nas costas

– Cãibras musculares

– Dor de garganta


Novas imagens da fobia mais fashion da net


Pouco frequentes: podem afetar até 1 em 100 pessoas:

– Perda de apetite

– Perda de peso

– Alterações no nível de açúcar no sangue

– Preocupação

– Depressão

– Agitação

– Mudanças de humor

– alucinações

– sonhos estranhos

– Ataque de pânico

– Apatia

– Agressividade

– Euforia

– Aumento do apetite sexual

– abstinência ejaculatória

– Distúrbios da visão, incluindo visão em túnel

– Tontura

– Secura do olho

– olhos cansados

– Olhos chorosos

– Irritação ocular

– Distúrbios do ritmo cardíaco

– Alteração da pressão arterial

– Blush

– Dificuldade para respirar

– Aumento da produção de saliva

– suando

– Febre

– Irritação na pele

– espasmo muscular

– Dor no peito

– Dificuldade para urinar

– Fraqueza

– Sensação de frio nas mãos e pés

– Períodos menstruais dolorosos

– Tosse

– nariz escorrendo

Raros: podem afetar até 1 em 1.000 pessoas:

– Alterações da percepção

– Pupilas dilatadas

– estrabismo

– Suor frio

– Inflamação do pâncreas

– Dificuldade para engolir

– Desaceleração do motor

– Aumento de líquido na região do abdômenpregabalina é corticoide
pregabalina emagrece
pregabalina é antiinflamatório
pregabalina depoimentos
pregabalina engorda
pregabalina da sono
para que ser ve remédio pregabalina
pregabalina

– Líquido nos pulmões

– Convulsões

– dano muscular

– Má conduta

– Interrupção do período menstrual

– Aumento do tamanho dos seios em homens

– Reações alérgicas

– sintomas de gripe

– parkinsonismo


Dúvidas sobre a administração de pregabalina

Estas são algumas das perguntas feitas por pessoas que estão tomando, tomaram ou vão tomar pregabalina:

Tomar pregabalina emagrece ou engorda?

Este medicamento não é particularmente indicado para ganho de peso ou perda de peso. No entanto, foram relatados casos em que a administração de pregabalina causou, como efeito adverso, aumento do apetite e, concomitantemente, ganho de peso.

Recomenda-se que, dentro do possível, mantenha uma vida saudável a nível alimentar, com uma alimentação equilibrada. Esta, por sua vez, deve vir acompanhada de uma vida ativa em que se pratique algum tipo de atividade física.

A pregabalina é corticoide?

Não, a pregabalina não é um corticoide. A pregabalina é um neuromodulador que atua reduzindo a entrada de cálcio nos terminais nervosos pré-sinápticos.

A pregabalina é antiinflamatório?

Não, a pregabalina não é um anti-inflamatório. A pregabalina é um neuromodulador

com efeitos anticonvulsivantes, antiepilépticos e analgésicos.

A pregabalina da sono ou causa sonolencia?

Uma das principais conclusões do Insomnia Study é que a pregabalina parece ser um tratamento adequado para o tratamento do TAG e da insônia. Foi demonstrado que esta medicação tem efeito direto nos distúrbios do sono, atuando na arquitetura do sono, aumentando o tempo total e a eficiência do sono e aumentando sua ação restauradora.


Tive tonturas devido à ansiedade. Como aprender a identificá-los


A pregabalina é usada para tratar a ansiedade?

De acordo com esta revista especializada, existem estudos randomizados e controlados que demonstraram que a pregabalina é eficaz tanto no tratamento agudo quanto na prevenção de recaídas no transtorno de ansiedade generalizada e na ansiedade social. Também demonstrou ser eficaz como terapia adjuvante quando o tratamento antidepressivo não é eficaz.

Estou tomando pregabalina: posso beber álcool?

O ideal é sempre não ingerir bebidas alcoólicas se estiver tomando algum tipo de medicamento. A combinação de ambas as substâncias pode exacerbar os efeitos adversos da droga e vice-versa. Alguns dos efeitos colaterais que podem ocorrer são, entre outros:

– Sonolência

– Dificuldade para falar

– Falta de coordenação

Depoimentos de pessoas que tomaram pregabalina

Aqui estão alguns depoimentos de pessoas que tiveram contato com a pregabalina:

Mulher, 62 anos, Transtorno de Ansiedade Generalizada

Estou tomando há seis meses. Prescreveram-me para ansiedade generalizada e correu bem desde os primeiros dias. Claro, na primeira semana tive muitas dores de cabeça e tonturas, tantas que mal conseguia me levantar da cadeira. Depois disso, não tive mais sequências dessas e funcionou bem para mim. Estou satisfeita.»

Homem, 56 anos, Neuralgia

Depois de uma neuralgia do trigêmeo, o neurologista me receitou. Três dias após o início do tratamento a dor desapareceu. Não notei nenhum efeito colateral até o momento. Veremos quando é hora de retirá-lo gradualmente.»

Mulher, 54 anos, Transtorno de Ansiedade

Eles me receitaram para ansiedade e os primeiros dias foram bons, sem ansiedade. Eu estava feliz. Pouco depois parou de funcionar. Não senti ansiedade mas também não senti nada. Eu estava completamente apático. É possível que volte ao especialista para reavaliar a situação.”

Mulher, 60 anos, Neuralgia

Estou tomando há alguns dias e a verdade é que a dor diminuiu 90%. Claro, tenho muitos efeitos colaterais: visão dupla, desconforto, palpitações, sonolência… Esse remédio não me acalma. Eu sei que você tem que ter paciência e aguentar, mas se as coisas não mudarem em um tempo razoável, eu vou consultar o neurologista porque se a gente consertar uma coisa e estragar outra…»

«Sertralina mudou minha vida por dentro e por fora»

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *