Nortriptilina: para que serve, depoimentos e dúvidas (engorda?)

Hoje vamos dedicar um tempo a um dos antidepressivos que tem tido maior relevância atual e histórica: a nortriptilina.

Lembremos que, segundo a OMS, cerca de 5,8% da população brasileira sofre de transtorno depressivo, 1,4% a mais que a média mundial. Isso significa que cerca de 12 milhões de pessoas no Brasil sofrem de depressão, algo realmente preocupante.

Lembre-se que este artigo é meramente informativo e que em caso de dúvidas deve sempre consultar o seu médico de referência.

Nortriptilina: Resumo das Características do Medicamento

nortriptilina engorda Alguns dados interessantes sobre esta medicamento:

Tipo de medicamento: Antidepressivo tricíclico de segunda geração.

Dosagem: 25 a 100 mg/dia. Será preferencialmente administrado à noite.

Concentração máxima de plasma:

Meia-vida no organismo: Entre 16 e 90 horas após a administração.

Metabolismo: Hepático.


«A sertralina me mudou por dentro e por fora.»


O que é Nortriptilina e para que serve?

O Cloridrato de Nortriptilina é um antidepressivo da família dos tricíclicos. Essas drogas recebem o nome de sua estrutura molecular, que possui três anéis. Sua ação é bloquear a recaptação de norepinefrina ou serotonina e principalmente a recaptação de norepinefrina.

Sua principal indicação é o tratamento de:

– Transtorno de depressão maior.

– Alívio dos sintomas depressivos

– Transtorno do tipo depressivo bipolar

– Distimia

– Depressões atípicas

Efeitos secundários

Como todos os medicamentos, a nortriptilina pode desencadear uma série de efeitos colaterais indesejados, como:

Frequentes (10-25%): Boca seca, sedação, obstipação, retenção urinária, visão turva…

Ocasional (1-9%): sonolência, hipotensão ortostática e taquicardia, arritmia cardíaca, depressão miocárdica, alterações eletrocardiográficas, palpitações; erupções exantemáticas, leucopenia, agrunolocitose, icterícia colestática e ganho de peso.

Raros (<1%): Confusão, diminuição da concentração, alucinações, pesadelos, mania, parestesias, cefaleias, neuropatia periférica, ataxia, tremores, convulsões, zumbidos, náuseas, vómitos, alterações do paladar, diminuição da libido…

Contra-indicações do Cloridrato de Nortiptilina

O tratamento deve ser descontinuado se o paciente apresentar qualquer episódio de convulsões, febre com suores, alterações significativas na pressão arterial, dificuldade em respirar, perda do controle da bexiga ou rigidez muscular grave.

Não tome Nortriptilina se:

– Hipersensibilidade à Nortriptilina ou a outros antidepressivos tricíclicos.

– Você sofreu recentemente um infarto do miocárdio, arritmias, doença hepática grave ou a fase maníaca do transtorno bipolar.

– Seu uso em conjunto com IMAOs é contraindicado.

– Crianças menores de 6 anos.

– Mulheres grávidas.

– Mulheres em processo de amamentação.

Para quaisquer outras questões ou condições médicas, informe o seu médico de referência.



Dúvidas sobre Nortriptilina

Engorda a nortriptilina?

Nortriptilina depoimentosA administração deste medicamento tem sido associada a um leve ganho de peso. Na verdade é um dos seus efeitos colaterais e como deve ser tomado.

Tenha isso em mente no início do seu tratamento e tenha uma dieta equilibrada para acompanhar sua administração.

A Nortriptilina emagrece?

O Cloridrato de Nortriptilina não é um medicamento indicado para perda de peso. De fato, entre seus efeitos secundários ou adversos podemos encontrar um leve ganho de peso.

Qualquer mudança perceptível em seu peso deve ser relatada ao seu médico ou psiquiatra imediatamente.

Posso tomar nortriptilina e álcool?

O uso de medicamentos antidepressivos e álcool é altamente desencorajado. Sua combinação pode provocar a exacerbação dos efeitos adversos da droga e os efeitos tóxicos do álcool.

A nortriptilina diminui a libido?

Um dos efeitos adversos da Nortriptilina pode ser a diminuição da libido. Tenha esta situação em mente e não hesite em consultar o seu médico de família se notar alterações significativas nesta faceta.

Mesmo assim, você deve estar ciente de que esses efeitos são completamente reversíveis em caso de suspensão da administração do medicamento.

Depoimentos de pessoas que usam ou usaram Nortriptilina

Homem, 51 anos. Depressão

“Depois de tentar um e outro, no final meu psiquiatra acertou em cheio. Tolero melhor e tenho menos efeitos colaterais, embora me deixe um pouco sonolento e ganhei algum peso.”

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *